Tudo a Custo Zero: 10 Regras Mágicas para Conseguir Bons Negócios em Reservas de Hotel através da Internet

domingo, 4 de dezembro de 2016

10 Regras Mágicas para Conseguir Bons Negócios em Reservas de Hotel através da Internet

A Rumbo propõe 10 regras mágicas a seguir quando fizer uma reserva num hotel
Cada vez mais pessoas decidem reservar o hotel através de agências de viagens online.

A era digital em que vivemos, aliada à falta de tempo no dia-a-dia dos portugueses, tem obrigado a que as pessoas se habituem a fazer todo o tipo de reservas através da internet antes de ir viajar.

No entanto, como sabemos que estamos a fazer um bom negócio? Qual a melhor altura para reservar? O que ter em conta antes de dar o OK e ‘abrir os cordões’ ao cartão de crédito?

A Rumbo, como agência de viagens especializada na reserva de alojamentos em todo o mundo, propôs-se ajudar os viajantes a conseguirem os melhores preços na altura de pesquisar e fazer as reservas de hotel.

1. Quando fazer a reserva? Com muita antecedência ou no último minuto

Ao fazer pesquisas por hotéis na Internet, torna-se claro que as melhores ofertas surgem com muita antecedência ou no último momento. Habitualmente, quando se trata de épocas tradicionalmente com elevadas taxas de ocupação (Páscoa, Verão, pontes, etc.) os melhores preços só estão disponíveis quando se efetuam reservas com muita antecedência.


Pelo contrário, quando falamos de alturas de baixa ocupação (dias do meio da semana, fins-de-semana fora da época alta, etc.), esperar até ao último momento é a melhor forma de encontrar um bom preço.

2. Quando viajar? A flexibilidade abre caminho aos melhores preços…

Se é flexível no que se respeita a datas de viagem, é muito mais provável que tenha acesso a preços mais reduzidos, ou a promoções 3x2 ou noites gratuitas em determinados hotéis. Não se esqueça que, por norma, os fins-de-semana são mais caros, pelo que viajar durante a semana será sempre mais económico.



3. Evite as datas mais concorridas

Há que ter em conta que não é o mesmo viajar em datas específicas, em que se assiste a uma grande procura por alojamento, que em datas em que não existe qualquer festividade ou evento especial.


Por exemplo, se procura um hotel numa grande cidade como Londres, Barcelona ou Berlim, tenha em consideração o calendário dos eventos dessa cidade, já que determinadas feiras e congressos fazem com que a disponibilidade seja reduzida e os preços mais elevados.

4. Escolha o destino de forma inteligente
Se tem flexibilidade na escolha do seu destino, terá muito mais hipóteses de encontrar preços mais competitivos, já que pode decidir para onde viajar em função dos preços praticados. Uma boa opção passa por subscrever as newsletters das agências de viagem, por exemplo.

5. Se viaja com crianças, esteja atento a promoções para famílias

Há cada vez mais hotéis com ofertas e alojamento gratuito ou outro tipo de promoções (atividades, ludotecas, menus especiais) para famílias com crianças.


Na hora de escolher o hotel, procure este tipo de promoções, porque uma escolha acertada significa não só poupanças consideráveis como também uma viagem mais agradável para si e para as crianças.

6. Pense bem no regime de alimentação

Quando fizer uma reserva de uma noite num hotel é fundamental que pense com antecedência na forma como vai organizar as suas refeições.


Se prevê passar muito tempo fora do hotel, escolha uma pensão que inclua apenas alojamento ou alojamento e pequeno-almoço, para não pagar refeições que terá de fazer fora do hotel.

Se por outro lado pensa passar muito tempo no hotel, compensa um regime de pensão completa, ou mesmo um regime de tudo incluído. Assim, é possível ter uma noção exata da despesa.



7. Precisa de transporte? Então Voo + Hotel
Uma opção cada vez mais usada são os packs que oferecem voo e hotel numa única reserva. Não só vai poupar tempo e fazer a reserva mais comodamente (já que irá adquirir o transporte e a estadia simultaneamente) mas poderá ainda beneficiar de tarifas muito mais competitivas se comparadas com as das ofertas em separado.

8. Oiça outros viajantes

A Internet confere acesso a comentários e pontuações de outros utilizadores que usaram anteriormente os hotéis que está a considerar.


Antes de fazer a sua reserva, dê uma vista de olhos a esses comentários e classificações, para desta forma tomar a sua decisão de uma forma mais ponderada e ter uma ideia mais clara das características do hotel.

9. Faça o pagamento comodamente e de forma faseada

Confira se se trata de um serviço que permite fracionar o pagamento da reserva (o número de prestações depende do valor e da antecedência com que esta é efetuada) sem custos adicionais. Esta é uma boa forma de pagar as viagens de férias sem ter de despender a totalidade do valor de uma vez.

10. Escolha bem o tipo de tarifa: reembolsável / não reembolsável

Se tem bem presente as datas em que vai viajar e sabe com segurança que a viagem se vai realizar, escolha uma tarifa “não reembolsável”: é mais económica já que não permitem alterações ou cancelamentos.


Pelo contrário, se há dúvidas quanto a datas ou pode haver a hipótese de ter de cancelar a viagem, eleja uma tarifa reembolsável. Vai pagar um pouco mais, mas ela admite alterações à reserva.

Arquivo do blogue