Se conduz um automóvel a gasolina ou a gasóleo já deve ter sentido as diferenças no seu orçamento familiar, com os constantes aumentos dos mesmos.
Da maneira de dirigir à escolha da gasolina, saiba como pode gastar menos dinheiro em combustível, veja os 17 truques de poupança:

1ª truque:
Encher o tanque sempre pela manhã, o mais cedo possível.
A temperatura ambiente e do solo é mais baixa. Todas os postos de combustíveis têm os seus depósitos debaixo da terra.
Ao estar mais fria, a terra, a densidade da gasolina e do gasóleo é menor.
O contrário se passa durante o dia, quando a temperatura do solo sobe, e os combustíveis tendem a expandir-se.
Por isso, se você enche o tanque ao meio dia, pela tarde ou ao anoitecer, o litro de combustível não será um litro exactamente.
Na indústria petrolífera a gravidade específica e a temperatura de um solo tem um papel muito importante.

2.º truque:
Quando for pessoalmente encher o tanque, não aperte a pistola ao máximo, segundo a pressão que se exerça sobre a pistola, a velocidade pode ser lenta, média ou alta.

Prefira sempre o modo mais lento e poupará mais dinheiro.
Ao encher mais lentamente, cria-se menos vapor e, a maior parte do combustível vertido converte-se num cheio real, eficaz.

Todas as mangueiras vertedoras de combustível devolvem o vapor para o depósito.Se encherem o tanque apertando a pistola ao máximo uma percentagem de combustível que entra no depósito do seu veículo transforma-se em vapor do combustível, já contabilizado, volta pela mangueira de combustível  ao depósito da estação. Isso faz com que os postos consigam recuperar parte do combustível vendido, e o cliente acaba pagando como se tivesse recebido a real quantidade contabilizada, menos combustível no depósito, pagando mais dinheiro.

3.º truque: 
Encher o tanque antes que este baixe da metade. Quanto mais combustível tenha no depósito, menos ar há dentro do mesmo.
O combustível evapora-se mais rapidamente do que você pensa.
Os grandes depósitos cisterna das refinarias têm tectos flutuantes no interior, mantendo o ar separado do combustível, com o objectivo de manter a evaporação ao mínimo.




4.º truque: 
Não encher o tanque quando o posto de combustíveis estiver a ser reabastecido e nem imediatamente após.
Caso chegue ao posto de combustíveis e vê um camião cisterna abastecendo os depósitos subterrâneos do mesmo, ou os acabando de reabastecer, evite, se puder, abastecer no dito posto nesse momento.

Ao reabastecer os depósitos, o combustível é jorrado dentro do depósito, isso faz com que o combustível ainda restante nos mesmos seja agitado e os sedimentos assentes no fundo acabem por fica em suspensão por algum tempo.
Assim sendo correrá o risco de abastecer o tanque com combustível sujo.

5.º truque:
Comparar preços. O preço do combustível hoje poderá não ser o mesmo amanhã e talvez o posto de abastecimento ao lado do seu local de trabalho oferece preços mais baratos do que aquele ao pé de sua casa.

Esteja atento, anotando as várias ofertas disponíveis, para fazer sempre uma escolha económica. Em Portugal, descubra em que postos pode abastecer o seu carro por menos Euros, bastando para tal consultar o site Mais Gasolina ou então o GasMappers que estende ainda o serviço a vários países do mundo, incluindo o Brasil, cujos automobilistas podem ainda recorrer a este comparador de preços.


6.º truque:
Cheio, por favor. Sempre que vá abastecer, ateste o depósito de combustível. Com as deslocações extra ao posto, vai acabar por gastar mais dinheiro se tentar abastecer pouco de cada vez. Aliás, vai poupar tempo e dinheiro. Pare de abastecer mal tenha a indicação de que o tanque está cheio – não vale a pena tentar colocar mais umas gotas se já foi avisado que está cheio! Essas gotas vão acabar por sair por fora e você pagou-as. No final de cada abastecimento, certifique-se que a tampa do depósito esteja firmemente enroscada e nunca danificada – se não estiver, é a melhor forma de o combustível se evaporar!

7.º truque:
Abastecer pela fresca. A melhor altura do dia para abastecer o seu automóvel é de manhã cedo ou à noite, ou seja, nos períodos mais frescos do dia. Isto porque a gasolina está mais densa nesta altura e, como a gasolina é paga ao litro, comprará mais por menos.

8.º truque:
Conduza devagar. Escusado de dizer que a condução a altas velocidades também faz com que o combustível desapareça num "piscar de olhos", Mantenha o pé suave no acelerador, acelerando e desacelerando moderadamente
Conduza por antecipação evitando travagens bruscas e acelerações desnecessárias
Opte por mudanças mais altas para baixar as rotações.




9.º truque:
Se o seu veículo vier equipado com cruise control, utilize-o! Esta condução automática pensada principalmente para as auto-estradas é bastante mais económica do que a condução humana.

10.º truque:
Da mesma forma, ter a manutenção do carro em dia também ajuda: os filtros de ar devem estar limpos e a pressão dos pneus também deverá ser adequada. Por exemplo: Uma pressão dos pneus inferior à recomendada pode contribuir para um aumento de 4% do consumo de combustível.

11.º truque:
Utilize o Ar condicionado quando realmente seja preciso, não abra as janelas caso não seja necessário.

12.º truque:
Compensa sempre desligar o carro, enquanto espera por alguém ou vai, nas filas de trânsito ou até mesmo num semáforo demorado ou mesmo numa passagem de nível, não deixe o carro ao ralenti.
Não deixe o carro em ponto morto nas descidas e travagens. Mantenha sempre uma mudança engrenada.

13.º truque:
Estacionar no primeiro lugar disponível que encontrar, mesmo que tenha que caminhar mais um pouco só lhe fará bem!




14.º truque:
Se estacionar ao ar livre, prefira sempre os locais à sombra. Isto porque um carro estacionado ao sol, seja no Verão, seja no Inverno, favorece a evaporação da gasolina. Para além de não precisar de ligar o ar condicionado na volta. Caso não exista alternativa certifique-se sempre que o depósito de combustível não esteja voltado para o sol.

15.º truque:
Estude as suas rotas. Há sempre mais do que uma maneira de chegar ao mesmo sítio. Utilize o computador de bordo (ou o método tradicional de anotar os quilómetros depois de atestar o depósito) para medir consumos e escolher os percursos mais económicos.

15.º truque
Vá a pé, de bicicleta, de transportes públicos ou combine boleias colectivas com amigos e colegas de trabalho. 

16.º truque
Evite pesos desnecessários no carro, como bagagem esquecida na mala
Um peso de 100 kg num carro de 1500 kg representa um consumo adicional de 6,7 por cento. Num ano, este fardo pode subir aos 100 euros.


17.º truque
Optar por uma bomba de combustível de baixo custo pode representar uma diferença considerável ao fim de um ano.

Veja também: