Tudo a Custo Zero: Estágios nas Embaixadas e Consulados Portugueses

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Estágios nas Embaixadas e Consulados Portugueses

Os estudantes que pretendem candidatar-se a estágios curriculares nas embaixadas e serviços consulares de Portugal em países abrangidos pelo Programa (Estados-membros da União Europeia, Noruega, Turquia, Liechtenstein, Macedónia e Islândia) podem, pela primeira vez, candidatar-se à obtenção do Programa de bolsas Erasmus +.

A candidatura está sujeita às condições gerais de acesso ao Programa Erasmus +.


Clique no seguinte link para ter acesso aos documentos para candidatos e beneficiários.

Procedimento de candidatura:


O aluno candidata-se ao Programa Erasmus + através da Instituição de Ensino Superior que frequenta;
Deve, em seguida, apresentar a sua candidatura a estágio no Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), através do seguinte endereço de correio electrónico: estagios.idi@mne.pt , que terá de incluir o CV, a Ficha de Candidatura devidamente preenchida e um Comprovativo de Matrícula, junto com uma indicação e ordenação das vagas nos serviços externos do MNE que recolhem a sua preferência;
Até um mês após a candidatura, o IDI envia a resposta, junto com os documentos necessários do responsável de estágio no MNE;
Por último, o IDI assina um Protocolo de Estágio com a Instituição do Ensino Superior e o aluno.




As candidaturas a estágios submetidos nestes moldes deverão ser apresentadas ao Instituto Diplomático no decurso do semestre lectivo anterior à data pretendida para o início do estágio.

Os candidatos a estágios do PECMNE que se pretendem candidatar a estas bolsas terão de contactar o IDI até ao próximo dia 15 de Março. Para mais informações ou dúvidas, o aluno deve contactar a sua Instituição Académica.

Com vista a salvaguardar os candidatos e no caso de não haver resposta do IDI ao e-mail de candidatura, num prazo de 3 dias úteis, solicita-se que os interessados confirmem o estado da sua candidatura através do número de telefone 21 394 63 35.



Fonte: empregopelomundo

Arquivo do blogue