Tudo a Custo Zero: Campanha 'quase sem precedentes' com voos para Açores a 88 euros ida-e-volta

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Campanha 'quase sem precedentes' com voos para Açores a 88 euros ida-e-volta

A SATA garante 20 mil bilhetes. Para comprar até final de Novembro e voar até final de Maio.
A nova promoção da empresa baseia-se na oferta de voos de ida-e-volta, de Lisboa ou Porto, para os Açores, a 88 euros. Um preço, informa a companhia, "com todas as taxas incluídas".
O período das viagens deverá ocorrer de 21 de Novembro a 31 de Maio, com excepções para períodos "nobres" de férias: de 13 de Dezembro a 6 de Janeiro, de 13 a 22 de Fevereiro, de 20 de Março a 12 de Abril e de 1 a 17 de Maio.
Os voos incluídos na campanha - em vigor até 30 de Novembro - estão "sujeitos a condições especiais com lugares limitados". O preço é válido em "voos directos e específicos à partida de Lisboa e ou Porto, operados pela SATA". 
O preço de 88 euros já tinha sido utilizado noutras promoções anteriores da SATA e TAP (a companhia está actualmente a promover voos Lisboa-Terceira desde 89 euros i/v) em viagens entre o Continente o arquipélago. Mas nesta nova iniciativa - que chega pouco depois da Ryanair ou easyJet reiterarem o seu desejo de voarem para os Açores -, destaca-se o total de "20 mil lugares garantidos".

Poderá gostar de: Hotéis a Metade do Preço (Ofertas Secretas)


Combater a sazonalidade
Uma "campanha quase sem precedentes", nas palavras do secretário regional do Turismo dos Açores, Vítor Fraga, citado pela Lusa. O responsável considerou o lançamento da promoção um "contributo importante para a mobilidade dos açorianos" e um impulso à captação de fluxos turísticos na época baixa, contribuindo para "atenuar um dos factores com que o destino Açores se confronta, a sazonalidade".
Para atrair mais turistas, Fraga referiu ainda ser necessária uma nova campanha de promoção turística, centrada no "cliente final", quase exclusivamente baseada em "canais digitais", que possa atrair mais turistas ao arquipélago.
"Temos de nos tornar mais eficientes junto da procura, para que haja, no momento da decisão de todos aqueles que pretendem ir de férias, o clique de escolherem os Açores como destino", referiu.
Clica AQUI para mais informações.
Fonte: fugas.publico



Arquivo do blogue